segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Patinho feio, quem eu?

Muitas são as pessoas que se olham no espelho e sempre vêem um defeito em seu corpo, não é so as mulheres que buscam a perfeição em seu corpo os homens também buscam isso.
Algumas pessoas rejeitam a própria aparência, a sua voz, a forma do seu corpo, cabelo e principalmente rejeitam a sua personalidade e capacidade. Por causa dessas rejeições  elas se passam  a se comportar de maneira agressiva e descuidada, acabam esquecendo de cuidar da aparência física e mental.
As vezes nos sentimos inferiores à outras  pessoas, principalmente quando vemos alguém mais bela e até com uma formação acadêmica melhor que a gente. E pra que se sentir inferior? Pra que se sentir o patinho feio?, se é você que pode mudar tudo isso. A verdade é que seremos inferiores, feias, incompetentes se quisermos, ou seja, se questionar essa ideias ruins sobre si, logo vai perceber o quanto foi uma pessoa tola ao dar crédito a elas.
Olhe ao seu redor e verá que entre milhões de pessoas não existe ninguém igual a você, entretanto você é uma pessoa especial que pode fazer a diferença no meio de multidões. Se sua aparência física não anda legal ou você não tem aquela sabedoria que queria ter, é porque você simplesmente não tem cuidado de ambas as partes.
Comece a amar a sí mesma, pare de olhar o que os outros são ou deixam de ser. Comece a se valorizar a cuidar da saúde tanto física quanto mental, quando você começar a fazer isso, você verá o quanto é uma pessoa maravilhosa e bonita, quando se olhar no espelho você vai começar a gostar do que vê, as pessoas vão olhar para você e também vão gostar do que vêem, basta você começar a se valorizar e não deixar o desleixou te pegar.

3 comentários:

Patrícia Quel disse...

Oi Diu!!
Belissimo texto... Realemte muitas pessoas esquecem que o mais perfeito e estar vivo, que ja é um presente.Mas todas as pessoas querem mudar alguma coisa!!!
Bjs!

Camila Vasconcelos disse...

"Ah, se eu tivesse o que o Fulano tem...". Já não está na hora de mudarmos esse tipo de pensamento, sabendo que somos tão especiais para Deus que Ele nos fez diferentes, únicos, dentre mais de 7 bilhões de pessoas nesse mundo vil? Chega de achar que os outros são melhores e mais capazes!

Ana disse...

Realmente gostei demais do seu texto e confesso que vi uma pontinha de mim nele, o fato é que precisamos mesmo é parar de agir como os os outros nos dizem para agir e enxergar que não precisamos ser a pessoa que os outros querem que sejamos e sim o que nós podemos e queremos ser.Espero mesmo ver mais textos ótimos desses por aqui por isso já estou seguindo vc ;)